Demonstração

A sua empresa recebe muitas reclamações devido ao estado dos produtos que chegam aos clientes? Muitas vezes, a falta de controle de temperatura durante o transporte prejudica a qualidade das mercadorias.

Esse cuidado é ainda mais importante quando a carga é de alimentos, uma vez que uma temperatura inadequada é propícia para a multiplicação dos micro-organismos que causam doenças.

Quer compreender melhor a necessidade de controlar as variações de temperatura das cargas? Acompanhe!

Importância de fazer o controle de temperatura

Os alimentos expostos ao excesso de calor podem gerar a proliferação de bactérias. Segundo a Anvisa, os produtos conservados a quente só podem ser expostos a uma temperatura superior a 60ºC por até 6 horas. Se eles forem mantidos em temperatura ambiente por mais tempo poderá ocorrer a proliferação de bactérias.

Já aqueles que são armazenados a frio, devem ter uma redução da temperatura até 10ºC em no máximo 2 horas. Caso contrário, já poderá ocorrer variação na qualidade e durabilidade dos alimentos. Além disso, os produtos devem ser mantidos no refrigerador a uma temperatura inferior a 5ºC ou congelados a -18Cº.

Esse controle de temperatura também deve ser feito durante o preparo dos alimentos. As frituras, por exemplo, não podem ultrapassar os 180ºC. De outro modo, pode ocorrer a alteração do sabor.

Imagine o problema que pode surgir se um alimento produzido em grande escala for armazenado na temperatura adequada no parque fabril e depois sofrer alteração durante o transporte? A mercadoria não chegará em seu estado original ao destino, como um supermercado, e poderá ter mais mudanças até ser utilizado pelo consumidor final.

Como manter a temperatura adequada em todo o processo?

A vigilância sanitária recomenda que seja feito um monitoramento da temperatura com o uso de termômetros digitais. Fazer isso de forma manual torna-se improdutivo, principalmente quando se trabalha em uma indústria.

Sendo assim, a maneira mais prática e dinâmica para fazer o controle de temperatura é com o uso de um chip e uma plataforma integrada. Ele faz a emissão de alertas em tempo real e o gestor consegue monitorar tudo na tela de seu computador ou smartphone.

A tecnologia também permite a emissão de relatórios para o gestor acompanhar de perto todos os casos de oscilação de temperatura. Desse modo, consegue averiguar se algum equipamento apresenta defeito e precisa receber reparos.

Logo, o controle de temperatura durante 24 horas por dia, 7 dias por semana também ajuda o gestor a tomar decisões corretas para o negócio, programar os serviços de manutenção ou troca de equipamentos.    

Monitoramento durante o transporte

O acompanhamento também funciona durante o transporte das cargas. Assim, se alguma mudança de temperatura é registrada, o gestor já consegue entrar em contato com o motorista para ele verificar o problema com urgência.

Fazer esse controle de temperatura do início ao fim do processo é primordial para evitar o cancelamento de contratos, devolução de mercadorias e prejuízo financeiro. Além do mais, você protege a credibilidade da marca ao evitar casos de intoxicação alimentar dos clientes atendidos.

Gostou deste artigo? Conheça também os principais benefícios de monitorar a carga em tempo real!


Caroline Dallacorte

Engenheira de Alimentos
Mestre em Tecnologia e Gestão da Inovação
Consultora na área de qualidade e produtividade

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *