Demonstração

Implementar diferentes tipos de tecnologia na indústria pode trazer muitos benefícios para o negócio. A inovação contribui para a empresa se tornar mais competitiva, escalar a produção e ainda ter entregas mais rápidas e com qualidade.

A indústria 4.0 é uma forte tendência para os próximos anos e muitas soluções que integram esse conceito já estão disponíveis no mercado. Muitos sistemas de gestão, por exemplo, fornecem dados em tempo real e emitem alertas quando alguma situação saiu de sua normalidade.

Ficou curioso para compreender como novas tecnologias podem ser aplicadas na indústria? A seguir, apresentamos alguns exemplos e as vantagens de levar inovação para sua companhia!

Importância de utilizar tecnologia na indústria

As pessoas, os empregos e as economias de diferentes países estão se tornando mais digitais, conectadas e automatizadas. A onda da inovação está crescendo continuamente e impulsiona as organizações que se apropriam das novas tecnologias.

Os Estados Unidos ainda são o maior mercado de tecnologia do mundo e representam 31% do total de países. Todavia, outras regiões, como a Ásia, estão investindo mais no desenvolvimento de inovações que englobam áreas como robótica, software e serviços.

Essa tendência crescente de investimentos em diferentes tecnologias demonstra que o Brasil também precisa evoluir nessa questão. Ter inovação na indústria amplia a competitividade diante do mercado, promove avanços no setor e melhora a capacidade produtiva.

6 vantagens de inserir novas tecnologias na empresa

Você ainda tem dúvidas se vale a pena implementar inovações no seu negócio? A seguir, listamos os principais benefícios que a tecnologia pode proporcionar:

1. Produção inteligente

Você consegue deixar o consumidor como centro de suas atenções ao utilizar a tecnologia na indústria. Assim, é possível personalizar produtos para oferecer itens diferenciados aos clientes. Tudo isso sem ter um expressivo aumento no custo de produção, pois as ferramentas já foram “desenhadas” para essa funcionalidade.

2. Ganho de produtividade e eficiência

A inovação no parque fabril também contribui para a otimização de processos, o que gera produtividade em larga escala. Um sistema automatizado, por exemplo, consegue executar com perfeição determinada tarefa, pois utiliza inteligência artificial para reproduzir com exatidão as suas demandas. Logo, é possível produzir mais em menos tempo e ainda manter a qualidade das mercadorias.

3. Redução de erros

Quantas vezes já foi necessário descartar produtos por erros no processo produtivo ou por problemas em pedidos? O uso de tecnologia na indústria também ajuda a reduzir falhas nesses processos, pois os setores ficam mais conectados. Assim que um pedido entra na fábrica, por exemplo, já pode ser encaminhado automaticamente para o setor de produção.

Logo, os trabalhos são desempenhados com mais precisão e segurança, ganhando escala na produção e ainda minimizando as falhas ao longo do processo.

4. Diminuição de custos

A implementação de inovações na indústria auxilia a diminuir os custos com contratação de pessoas em atividades que os equipamentos podem fazer. Por exemplo: em vez de manter um profissional específico para monitorar a temperatura de alimentos congelados, a empresa consegue utilizar uma solução inteligente que emite alertas em casos de alterações bruscas.

Com isso, a indústria tem mais segurança sobre a qualidade de seus alimentos, pois o gestor sabe que a temperatura foi monitorada em tempo real, logo, não precisa fazer o descarte de produtos por erros no controle de temperatura. 

5. Compliance

A tecnologia favorece o cumprimento dos regulamentos e legislações vigentes, principalmente para os setores mais vulneráveis como de alimentos e medicamentos. Muitas soluções propiciam a automação de informações relacionadas à compliance, como o registro, acompanhamento e análise de dados, bem como a identificação de inspeções realizadas no setor.

6. Satisfação dos clientes

As soluções tecnológicas favorecem o registro de dados de clientes e análise sobre os principais pedidos realizados por eles. Dessa forma, a equipe consegue ter um atendimento personalizado e focado nas necessidades de cada indivíduo.

Por exemplo: ao analisar os dados do cliente, o colaborador pode identificar que já faz algum tempo que não é feito um pedido e entrar em contato para verificar se precisa de algum auxílio. Assim, a organização proporciona uma experiência mais rica e mostra que está atenta aos seus consumidores.

Portanto, utilizar a tecnologia na indústria é uma atitude inteligente. A companhia obtém mais produtividade, consegue personalizar suas demandas e ainda tem redução de custos. Quer ter mais ideias para aperfeiçoar a gestão do seu negócio? Confira o artigo: 5 métodos que auxiliam o setor de controle qualidade.


Caroline Dallacorte

Engenheira de Alimentos
Mestre em Tecnologia e Gestão da Inovação
Consultora na área de qualidade e produtividade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *